Geral, Sobre o XV de Piracicaba

XV de Piracicaba vence na estreia da Série D

O XV de Piracicaba fez a sua estréia no Campeonato Brasileiro da Série D, neste domingo, 21 de maio e venceu por 1 x 0 a equipe do São Paulo/RS, gol marcado por Romarinho aos 47 minutos do primeiro tempo.

A vitória dá ao Nhô Quim a liderança do Grupo A15 ao lado do Operário/PR que também venceu na rodada o Brusque/SC por 1 x 0.

Além de jogo histórico para o Nhô Quim, foi também a partida de número 100 do goleiro Mateus Pasinato com a camisa alvinegra.

O primeiro foi, com o São Paulo/RS assustando logo a um minuto de jogo, mas o XV foi mostrando o seu ritmo e ainda teve uma bola na trave, com Léo Carvalho. O gol do Nhô Quim marcado por Romarinho. Gilsinho serviu o atacante que invadiu a área e no canto do goleiro adversário abriu o placar e fez o primeiro da equipe no Brasileiro.

Na segunda etapa o São Paulo/RS melhorou um pouco mas nada que assustasse o goleiro Mateus Pasinato. O XV quase fez o segundo com o atacante Frontino que acertou outra bola na trave.

O time gaucho tento igualar o marcador com Fred Saraiva, mas Mateus fez a defesa. O grande lance do adversário foi quando a bola passou pelo camisa 1 alvinegro e Vinícius Simon tirou em cima da linha, de cabeça evitando o gol de empate.

O XV de Piracicaba, volta a campo no próximo sábado, 27 de maio, às 15h para encarar o Brusque em Santa Catarina no Augusto Bauer.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série D 2017 – 1ª Fase – 1ª rodada

XV de Piracicaba 1 x 0 São Paulo-RS

Data – 21/05/2017
Horário – 16h00
Local – Estádio Barão da Serra Negra, Piracicaba
Árbitro – Marco Aurelio Augusto Fazetas Ferreira
Auxiliares – Alex Ang Ribeiro e Luiz Alberto Andrini Nogueira

Gols – Romarinho aos 46’/1T (XV)
Cartões Amarelos – Henrique, Abu, Cleylton, Flávio e Raphinha (São Paulo), Caíque, Robston, Gilsinho, Vinicius Simon, Frontini (XV)
Cartões Vermelhos –
Público – 1.862 torcedores
Renda – R$25.855,00

XV de Piracicaba – Mateus Pasinato; Zé Mateus, Vinicius Simon, Rodrigo e Caíque; Gilson, Robston (Washington Tito) e Gilsinho (Bruno Formigoni); Romarinho (Bruninho), Léo Carvalho e Frontini. Técnico: Márcio Fernandes

São Paulo – Deivity; Bindé, Lacerda, Cleylton e Henrique; Tom (Raphinha), Roberto, Flávio Paulino e Júlio Abu; Fred e Neílson (Lucas Roggia e Carletti). Técnico: Márcio Nunes

Deixe um comentário