Geral

Campanha de Vacinação Contra a Gripe começará em Piracicaba.

capavacina_walter_campanato_agencia_brasil-8398243
A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe (Influenza) começará na próxima segunda-feira (23). Em Piracicaba, o lançamento oficial será no Lar Betel, às 14 horas, com a vacinação dos idosos pelas equipes da Vigilância Epidemiológica (VE). Como no ano passado, o público-alvo foi dividido em grupos prioritários, para facilitar o atendimento e reduzir filas nos postos de Saúde. As 71 Unidades da Atenção Básica atenderão de segunda a sexta-feira. Os CRABs e as UBSs atenderão das 8 horas às 15 horas, e as USFs, das 8 horas às 16 horas.
Sendo assim, a partir de 23 de abril, poderão se vacinar trabalhadores da Saúde e pessoas com 60 anos de idade ou mais, e indígenas. A partir de 2 de maio, entrarão na lista de pessoas que devem ser imunizadas, crianças, gestantes e puérperas (mulheres no período de 45 dias de vida após o parto); a partir de 9 de maio, pessoas com comorbidades, professores das redes pública e privada, além de pessoas privados de liberdade, também serão imunizadas.
A gripe é uma doença que pode matar, principalmente crianças, idosos e doentes crônicos; pode predispor à pneumonia e agravar outras doenças, como enfisema pulmonar. Para o secretário municipal de Saúde Pedro Mello, a Campanha de Vacinação Contra a Gripe é muito importante “para que a população possa se prevenir e evitar maiores complicações com a saúde, preservando, assim, a saúde de toda a família, principalmente nesse período do ano (Outono/Inverno), em que o vírus da doença está em maior circulação no País”.
A meta para o município é vacinar 90% do grupo prioritário, correspondendo à expectativa do Ministério da Saúde (MS).
Quem pode se vacinar
Crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade; gestantes: todas as gestantes em qualquer idade gestacional; puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto; trabalhador de Saúde: todos os trabalhadores de Saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade; professores: todos os professores das escolas públicas e privadas; povos indígenas; Indivíduos com 60 anos ou mais de idade; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade, sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade (conforme indicação do MS em conjunto com sociedades científicas).
A vacinação deste último grupo deve ser realizada em todos os postos de vacinação. No entanto, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação ou apresentação da receita com o nome dos medicamentos que faz uso.
Quem não pode
A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina.
Como se prevenir
• Proteja o nariz e a boca. Cubra-os enquanto espirra ou tosse e use lenços descartáveis.
• Evite tocar a boca e o nariz.
• Lave as mãos com água e sabão e use álcool gel 70% regularmente, especialmente depois de tocar o nariz e a boca ou superfícies que possam estar contaminadas.
• Melhore a circulação de ar abrindo as janelas.
• Evite ficar por muito tempo em locais com grande aglomeração de pessoas.
• Mantenha hábitos saudáveis: coma bem, durma bem e faça exercícios.
A doença
A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza que é transmitida através do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar e também por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com a boca, olhos e nariz. A gripe provoca febre, dores no corpo e mal estar. Quem perceber esses sintomas deve procurar um posto de Saúde.

Deixe um comentário