Geral

Após acidentes com mortes em rede elétrica, blitz em Piracicaba orienta sobre risco de choques

Um levantamento da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) aponta que a região de Piracicaba (SP) registrou nove acidentes de choque elétrico entre 2017 e 2018, sendo que três tiveram vítimas fatais. A partir desta quinta-feira (10), a empresa faz uma blitz na cidade para conscientizar os moradores sobre comportamentos que podem trazer riscos de acidentes.

A campanha “Chega de Choque” percorre diversos bairros da cidade até o sábado (12) para ajudar os moradores a identificar e alertar sobre situações que causam riscos de choques elétricos. O objetivo é conscientizar a população para que ela seja responsável pela preservação da vida dos usuários.

Homem morreu após explosão de rede de alta tensão em Capivari em 2018 — Foto: Tonny Machado/Raízes FMHomem morreu após explosão de rede de alta tensão em Capivari em 2018 — Foto: Tonny Machado/Raízes FM

Homem morreu após explosão de rede de alta tensão em Capivari em 2018 — Foto: Tonny Machado/Raízes FM

Entre as localidades que a blitz irá percorrer estão os bairros Campestre, Jardim Monte Líbano II, Parque da Rua do Porto, Vila Sônia, Nossa Senhora de Fátima, Alemães, Vila Prudente e Morumbi. (veja a lista completa abaixo)

As ações interativas distribuem prêmios aos participantes, que tem como público-alvo, principalmente, profissionais liberais, como pintores de fachadas, pedreiros e eletricistas particulares. Segundo a empresa, eles representam 48% dos acidentes registrados pela CPFL no acumulado de 2018 até outubro.

A blitz visita também obras em andamento e lojas de materiais de construção e pintura, onde os participantes serão convidados a participar de um quiz. Todos que responderem ganham uma raspadinha para concorrer a prêmios como camisetas, bonés, canetas e jogos de baralho customizado.

Números de acidentes

Até novembro de 2018, a concessionária registrou três acidentes na região de Piracicaba, sendo dois leves (Piracicaba e Capivari) e um fatal (Capivari). O caso fatal foi em decorrência de rompimento de cabo por conta de pipa.

Cidade registrou nove acidentes na rede elétrica em Piracicaba — Foto: VC no G1Cidade registrou nove acidentes na rede elétrica em Piracicaba — Foto: VC no G1

Cidade registrou nove acidentes na rede elétrica em Piracicaba — Foto: VC no G1

No mesmo período de 2017, a CPFL Paulista registrou seis acidentes na região, sendo dois fatais (Piracicaba), três leves (dois em Piracicaba e um em Capivari) e um grave em Rio das Pedras.

Em toda a área de cobertura da concessionária, que engloba 234 municípios, foram registrados 34 acidentes na rede elétrica até novembro de 2018, o mesmo número de casos contabilizados no mesmo período do ano anterior. Das 34 ocorrências registradas ano passado, 11 foram fatais, um aumento de 57% em relação aos sete casos apurados de janeiro a novembro do ano passado.

Veja abaixo as principais causas de acidentes, segundo a empresa:

  1. Descuido em construções e reformas próximo à rede elétrica: 15 casos (44,1%); 1 vítima fatal e 3 graves.
  2. Trabalho de equipes de telefonia próximo à fiação elétrica: 5 casos (14,7%).
  3. Ocorrência com pipas: 3 casos (8,8%).

Campanha ‘Chega de Choque’

Deixe um comentário